30/06/2012

Quando o apelido é Missoni, o casamento podia ser de "estadão". Mas foi melhor: com muita imaginação e a transbordar estilo em estado genuino...

Quando o apelido é Missoni e o nome Margherita, o casamento podia ter sido de "estadão".
Mas não foi.
Foi de imaginação e .... muito ... muito estilo de simplicidade e genuinidade.
E só por isso vale bem vir para aqui.
O casamento foi numa quinta da família, em Itália. Para o casamento, transformaram a quinta num acampamento cigano, em que não faltaram acrobatas, ciganas a ler a sina, fardos de fenos (iluminados) e uma banda cigana na pista de dança.
O vestido era de Giambattista Valli, num modelo de um ombro só em organza de seda e flores bordadas.
NOIVOS: o dia do casamento não tem de ser o dia de investimento de fortunas! Estilo, imaginação, simplicidade, genuinidade são ingredientes indispensáveis para um casamento de sonho! 
Felicidades Margherita e Eugénio!
Como eu os entendo... Também eu gosto tanto do estilo cigano!

Quando o estilo se chama Marta e tem 4 anos.

Hoje, fila para pagar. Distraída, olho para a frente, não queria acreditar no que via e foi a minha filha M. que me chamou a atenção para esta queridura.
É a Marta, 4 anos, PURO ESTILO em estado latente.
A mãe, sem dar grande importância por estar habituada, diz-me que é ela que escolhe. Estava assim, hoje, a uma semana de fazer 5 anos.
O que promete a Marta! Isto é ela agora, no seu natural, em formato amoroso de 4 anos. Como será daqui a 15 anos? Que curiosidade tenho eu de saber!


29/06/2012

Este é a sério.

Queridos Amigos,

Este é o primeiro convite a sério que faço neste blogue: convite às minhas queridas leitoras a irem almoçar comigo e mais 200 mulheres no dia 6 de Julho, na Estufa Real, organizado  pelas "Mulheres do Sec. XXI",  cuja informação se pode encontrar aqui. 
Vou estar lá a fazer uma reportagem ao estilo de street style hunting mas, sobretudo, porque preciso e quero ouvir. O tema é "Em busca de valores".
O último almoço foi na sala do Hotel Fénix com centenas de mulheres. Previsível um barulho ensurdecedor porque se tratava de um almoço e mulheres gostam de falar e normalmente em conversas cruzadas. Mas naquela sala fez-se um silêncio absoluto quando ela começou a falar. Professora catedrática de Filosofia, de uma inteligência dotada e um poder de comunicação de excelência, a transmitir as maiores profundidades numa forma que se compreende e em que nós queremos parar para pensar, para absorver cada palavra, cada frase, cada ideia. Num discurso pautado pela simplicidade cativante, que nos prende  e nos engancha, pela lógica do caminho que leva às conclusões únicas e possíveis, a que vou muitas vezes.   

Pormenores de um Escritório de Advogados II (quando a cabeça começa a ficar quente por dentro)

Queridos Amigos,
Às vezes penso que quem lê este blogue julgará que eu não faço ponta de um chavelho e que passo o tempo na boa vidinha ou a escrever aqui.
Mas não é assim. É verdade que às vezes sou calona e não faço o que devo e o lema da minha vida é "fazer o que devo e estar no que faço". Isso resolve-me TODOS os problemas da minha vida que começam (os problemas) quando FURO a regra e isso acontece. Não vou dizer quantas vezes acontece porque, se dissesse, era uma confissão pública. Basta dizer que a "facada" na regra tem dias... quando sou calona e adio as coisas e não faço o que devo, sempre.
Este blogue - que já me é tão querido por causa dos meus leitores que estão, cada um e individualmente,  no meu coração e no meu pensamento - apenas veio substituir as séries de crime da Fox Crime (ultimamente), leituras (de revistas de moda em primeiríssimo lugar, tenho de ser sincera), o tricot (anteriormente) e nunca (até agora e espero que no futuro) as horas do trabalho. Isso não porque era uma injustiça que me faria dores de dentes no coração. E porque ... não tenho tempo!
Mas, de vez em quando e depois de horas a calcular impostos, planear cisões, fazer direitos de audições a pessoas que estão a sofrer judiarias, preciso de uma PAUSAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! HIGIÉNICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!
Ginásio é solução, mas hoje não pude. Verdade que neste escritório estavam todos a trabalhar. Não incomodei ninguém, mas eu tinha de fazer uma PAAAAAAAAAAAAAUSA para ALIVIAAAAAAAAAAAAR  a cabeça que, quando começa a curtocircuitar precisa de parar. Fica quente por dentro e precisa de arrefecer (isto é mesmo assim, não é figura de estilo. Não vos acontece ficar com a cabeça quente por dentro? a mim acontece. acho que é o primeiro sinal alerta que tenho de parar).
Hoje parei assim:

O estilo é isso mesmo.





28/06/2012

Hoje tinha de contar isto. Necessidade mesmo ou compulsão?

Era o dia 14 de Agosto de 1385. Chamava-se Nuno e tinha pouco mais do que 20 anos.
Devia estar calor mas ele já desde as vésperas que andava a fazer o reconhecimento do terreno para defender o seu rei e o seu reino contra a invasão do poderoso exército de 40.000 homens castelhanos, auxiliados por tropas francesas.
Não era um iniciado nestas lides porque "a 6 de Abril de 1384, D. Nuno Álvares Pereira chefia um pequeno exército de 1.500 homens, que derrota uma força castelhana de 5.000 homens na Herdade dos Atoleiros, junto a Fronteira."

O que é bom, nem sempre é caro. Normalmente existe há décadas no mercado. Precisamente porque é bom.


Falei dela a propósito da Feira Internacional do Artesanato (FIA).

Hoje salvou-me uma mala de pele.Não percebi como aconteceu mas apareceu ao final do dia toda manchada, sem eu perceber sequer se era nódoa ou riscada. De um lado e do outro (estranho as coisas que acontecem, não acham?)
Primeira tentativa: sabão de seda com água  (sabão de seda da Ach. Brito). Mas não fui lá: depois de secar, a mala continua manchada.
Lá fui buscar a pasta de cera de abelha (a senhora que ma vendeu na FIA disse que era do Alentejo embora feita em Espanha). A tal que serve para tudo e até para calcanhares gretados.
Nunca a vi vendida em parte nenhuma. E, por isso, hoje fui consultar o site que está indicado na caixa. Existe e está de saúde. Esta foi na FIA de há 2 anos (falhei a do ano passado). É tão boa que só a uso nestas situações e continua com aquele cheirinho maravilhoso.

26/06/2012

Quando o tema são colares, a conversa não tem fim...

Quando o tema são colares, a escolha não tem fim e para todos os bolsos.
Requisito que não dispensamos: que sejam ESTIILOSOS.
Mas numa estação em que claramente o protagonismo vai para os colares rentes ao pescoço, sem tirar uma nesga de espaço aos compridos das últimas estações, tínhamos de fazer a nossa selecção. 


(Feira de Artesanato: turquesa e lapiz lazuli)



Preciso de uma opinião URGENTE!!!!

Queridos Amigos,

Um pedido de opinião!!!!

Jimmy Choo, a 50% na Fashion Clinique: o meu tamanhinho.
O que acham os meus queridos leitores: SIM ou SIM?

POR FAVOR PRECISO DE UMA OPINIÃO!!!1
HELP ME PLEASE !!!!!!!!!!!!!!!!!

Look do dia: num oceano profundo.

Hoje, primeiro dia escaldante do ano, senti-me afundada nas profundezas de um oceano na companhia da fauna e das mais variada espécies de peixes que parece que vêm e vão. E que bem convivemos!

25/06/2012

DIY, TRICOT E MODA

Que o tricot está na moda, eu já sabia.
Que há grupos e blogues para aprender / ensinar tricot e que agora se multiplicaram as revistas da especialidade nas bancas, eu já sabia.
Que as camisolas hand made estão na moda, eu já sabei.
Que a sigla da ordem do dia é DIY (do it yourself; fala você mesmo), eu já sabia.
Que personalizar a roupa é um must, eu já sabia.
Que há muitas jovens a fazer tricot e que são "apanhadas" pelos street style hunters (incluido o "The Sartorialist"), nas cidades mais cosmopolitas do mundo, eu já sabia.
Mas o que eu não sabia é que o tricot está tanto, tanto, tanto na moda...

23/06/2012

O batom vermelho


Uma concretização de sofisticação e estilo sem fim, traduzida num "ter tudo sem ter nada", em que um "menos  é (infinitamente) mais": cabelo apanhado, total ausência de acessórios à exceção dos brincos de pérolas, roupa minimalista, tons neutros, num look exclusivamente marcado por um batom vermelho numa maquilhagem em efeito "cara lavada".
Nesta boca (Perfumes & Companhia / Guerra Junqueiro), encontrei a harmonia da cor perfeita de um batom vermelho. 
Em breve todas as mulheres voltarão a este tom de batom e se habituarão a ele. Distinto. Bonito. Uma questão de hábito que,  no entanto, requer a eleição cuidada do tom exato para cada tipo de pele e formato de boca. Em bocas pequenas também? Sim! basta delinear com um lápis (da mesma cor do batom!!!) por fora do contorno dos lábios para obter um efeito de lábios mais grossos e toca a andar com rouge lévres que, neste caso, será de um tom mais suave mas sempre "rouge".



"O" verniz do momento. As tendências.

Todas as coisas que me transportam para as minhas memórias da pintura, dos movimentos de arte, da história deixam-me fascinada, enganchada, encantada (encantamento mesmo), encadeada, maravilhada.
Agora chega a vez de falar pela x+x vez de vernizes e unhas.
Regra da estação (vem de trás): permitido vernizes diferentes nos pés e mãos. Desde que não sejam ambos cores fluor e berrantes.
Numa altura em que andam todas as unhas com cores ultra verão, diferentes, numa palete que abrange todos os verdes, desde o água ao tropa, passando pelo musgo, os azuis, dos mais pastel aos mais escuros e passando pelos turquesas, os lilases, ...,... descubro uma tendência que vem para ficar: tons pastel que vão do nude aos cinzas claros e beijes, seja mate, irisados ou nacarados. Tendência que já vem de trás, cuja "pre história" vamos encontrar no indefinível e incónico "Particuliére" (Chanel) cuja atribuição do n.º 505 não  foi um acaso.

O novo look do Illusion e o meu look do dia. E mais ...

Queridos Amigos,

Saio do escritório eram 5 da tarde: quase à espanhola cuja maioria dos escritórios de advogados não trabalham à 6ª feira a partir de 2 da tarde. É aqui que, de resto, está a origem da "casual friday" dos escritórios de advogados (maioria, pelo menos), dia em que é permitida a ganga e companhia lda.
Na minha agenda estava aprontado "faz 3 meses que fiz escova progressiva" o que significa que tenho de fazer de novo. Nem queria acreditar que o tempo voou assim. Já lá vão 3 meses! E lá vou eu porque sábado já tenho muitos eventos e não sobra tempo.
"Paulo, socorro. é hoje: tem de ser! A que horas pode?" Ele: "que horas lhe dá jeito?" Hoje, dia de volta a casa de alguns ausentes e, por isso, dia de matar saudade e jantar melhorado, sugeri o mais cedo que me podia pôr a andar do escritório: 5H30 da tarde. Acedeu. E lá fui.

Encontrei o Illusion diferente (continuo à espera do bar...)



21/06/2012

ILLESTEVA CHEGOU A PORTUGAL

Foi há dois dias que recebi um telefonema a dizer que... Illesteva tinha chegado a Portugal. Foi a ÓPTICA DAS AMOREIRAS que os trouxe para cá.
Na altura estava doente e fiquei um bocadinho surpreendida com esta notícia e com o facto de me telefonarem a dizer isto.
Os donos gostaram tanto da marca que a trouxeram para Portugal. E eu acho que isso é um serviço que fazem às mulheres e aos homens Portugueses que bem merecem.
Descobri estes óculos por um mero acaso que, no entanto, me obrigou a uma enorme pesquisa porque não descansei enquanto não os identifiquei porque vi neles, imediatamente, algo muito especial, maravilhosos, únicos. Nem sabia que iriam parar-me "ao colo" como vieram.
Mas agora estão em Portugal. E hoje, logo que tive um bocadinho, fui fotografá-los.
Não sei como, mas sinto este facto um bocadinho como meu porque eu só falo do que gosto, do que é bonito (modéstia à parte), do que é actual mas com um toque ultra retro de modernidade. É isso que me fascina e é por isso que eu gosto tanto desta marca. Não é só pelos óculos, mas por tudo o que eles representam, uma filosofia de vida talvez.
E aqui fica o meu muito obrigada à Óptica da Amoreiras (nem sequer conheço os donos!).
O certo é que, sem nos apercebermos, vamos influenciando. Vamos conseguindo por as pessoas mais ao dia, mais bonitas, mais fashion, mais felizes. E destes óculos não é  preciso dar aquela conversa de que "temos que adaptar a moda a nós próprios"porque estes ficam bem em qualquer cara,, como aqui demonstrado. Que bom que isto é! Razão para a sua eleição como um dos 10 melhores do mundo!
E, como disse, logo que pude, hoje fui fotogtrafar os meus óculos de eleição à Óptica das Amoreiras. Num instantinho, sim. Mas aqui ficam para os meus queridos leitores verem e se imaginarem, assim, "muito à frente" com um par na cara. São a única óptica em Portugal a ter estes óculos. Que eu considero um bom investimento este!
Escolha díficil. todos tão bonitos. cada um mais do que outro.
E uma notícia muito boa para os leitores deste blogue: têm um desconto de 10% se disserem que vêm deste blogue. 
Eu tinha de negociar alguma vantagem para os meus queridos leitores!!!!
Os óculos que aqui mostrei da EPOS já foram todos vendidos e não ficou um único para a mostra. Sold out!!!
Ora vamos lá ver ILLESTEVA:

20/06/2012

FORMOSURA!

Viseu III Clássico. Clássico. Clássico. O meu Colégio!!!!


Esta minha irmã usa coisas com mais do que x + x anos de existência. E estou sempre a dar-lhe "rabecadas" para ela "se por ao dia" e um bocadinho mais à frente. Não tanto como eu. mas um bocadinho só.
No entanto,  no Domingo encontrei-a assim, tão bem, tão clássica que tinha de a trazer para aqui. 
Porque as conclusões são:
1. nem tudo o que é última onda é o que nos fica bem e
2. eleger o clássico é sempre uma escolha certa de durabilidade. 

Viseu II

Viseu: a minha cidade e da última vez que lá estive não consegui ir à zona histórica, não saí à noite e foi quase só estar em casa, como já contei.
Bem, mas como tinha de fazer compras, fui ao Palácio do Gelo (centro comercial com pista de gelo,  bar de gelo, piscinas,..,... ) onde é expressamente proibido tirar fotografias. Eu sou uma rapariga do contra... Não tinha interesse nenhum em tirar fotografias lá dentro, a não ser as que vão ver e que tirei mesmo e que vale a pena ver (com permissão que por ser do contra não quer dizer que sou infractora, a não ser de vez em quando, mas é mais no trânsito e com polícias a sério).
Quanto ao resto, eu sei que gostam de ver os nossos looks e isso eu tinha de mostrar e vou mostrar mesmo. Mas sou do contra... e como me disseram que era proibido tirar fotografias,... fui pedir a um segurança que  me tirasse uma fotografia só para ver a reação (como eu adoro ver as reações das pessoas quando se lhes pede ou diz algo "nonsense"!!!!!), o qual disse logo que não e eu respondi-lhe que, então, na vida dele nunca iria saber para o que era. Pelo menos ficou intrigado, já que podia ter sido mais simpático.
As fotografias cá fora: nós refletidas no espelho! São umas portas de entrada enormes, quase do tamanho das do maior centro de congressos do mundo! Grupo Visabeira: tudo à grande (não fossem eles da minha terra...). Palácio do Gelo: um dos maiores centros comerciais do país! 




O estilismo  do dia









Casaco, calças, cinto e blusa: Zara; Botas: Mango; Mala: Stella MacCartney






Quando vou a Viseu, e se posso, vou à Casa Alegre, como quem vai a um museu, pois atualmente é a única loja destas que existe no país.  A Visabeira comprou a Bordalo Pinheiro e fez um grande favor a Portugal. Não podíamos perder a Bordalo Pinheiro. Há coisas que um País não pode perder e esta era uma delas, indiscutivelmente.
Eu sou fascinada pelas peças da Bordalo Pinheiro.
Em casa da minha Avó havia um jarro da Bordalo Pinheiro com que se dava o vinho aos homens que andavam no campo. E ainda hoje cada vez que vejo um jarro destes sinto o cheiro daquele vinho. Gente de Viseu sempre foi apreciadora da boa pinga.








































Lá ficou encomendado um bacalhau igual ao que a minha irmã mais velha tem pendurado na parede da cozinha. estavam esgotados. Ainda não me telefonaram, mas este bacalhau já faz parte da minha cozinha.

Kisses
Maria